domingo, 25 de setembro de 2011

Olhar e(terno)



Mil fragmentos somos, 
em jogo misterioso, 
aproximamo-nos 
e afastamo-nos, 
eternamente ... 

C. Meireles 



2 comentários:

  1. Linda composição de imagem e texto!

    Beijos e saudades!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, querida minha.
    Coração e alma cheios de saudade!

    ResponderExcluir